Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/28458
Título: Gestão de saúde: auditorias de contas médicas: auditoria de contas médicas na Marinha do Brasil: centralização ou regionalização?
Orientador(es): Abrantes Filho, Cesar Reis
Pariz, Wilson Alves
Autor(es): Fróes, Luiz Claudio Barredo
Palavras-chave: Auditoria
Brasil. Diretoria de Obras Civis da Marinha.
Q6 - MEDICINA (DGPM-305)
Auditoria (médico-hospitalar)
Estratégia militar Brasil
Gestão hospitalar
Data do documento: 2011
Editor: EGN
Descrição: Monografia apresentada à Escola de Guerra Naval, como requisito parcial para conclusão do Curso de Política e Estratégia Marítimas.
Inclui bibliografia.
A auditoria de contas médicas na Marinha do Brasil tem evoluído muito nos últimos anos, acompanhando o crescimento de importância que vem tendo o setor no meio civil. Importante instrumento para acompanhamento e gestão da qualidade de serviços ofertados e produzidos por terceirização, verifica-se também ser indispensável no controle desses custos com terceirizados. A Marinha do Brasil, por meio da Diretoria de Saúde da Marinha, vem atuando de forma eficaz na construção de processos de auditoria de contas médicas, tanto a nível central na própria DSM, quanto a nível regional, nos diversos Distritos Navais, Hospitais Distritais, Policlínicas e Organizações Militares com Facilidades Médicas. As peculiaridades dos serviços de auditorias regionais, seus diferentes mercados locais, suas dificuldades e características, assim como a atuação da auditoria central da DSM, com suas normas e ferramentas de controle são o foco deste trabalho, cujo objet ivo final é realizar uma análise crítica dos diferentes processos envolvidos, suas interações e aplicabilidade no Sistema de Saúde da Marinha.
The medical bills audit in the Brazilian Navy has evolved in the last few years, catching growth in matter that it`s been achieving in the civilian environment. An important tool for the pacing and administration of quality in health care services, even tthough that produced by others than our own services, it has proven also to be an amazing control of that kind of costs. The Brazilian Navy, by its Surgeon General Office of the Navy (SGON), has been working hard in a way to build that kind of medical bills audit, no matter if on a regional level in each Naval District and Military Healthcare Units, or in a central level right on the SGON. The peculiarity of the regionals audit services, with their different local markets, difficulties and characteristics, as well as the play of the central authority of the SGON audit, with its tools and regulations ar e the goal of this paper, which has the final aim to do a critical analysis of the different processes involved, its interactions and applicability on the Brazilian Navy Healthcare System.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/000006/00000652.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/28458
Aparece nas coleções:Administração: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
00000652.pdf532,4 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.