Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/29710
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributorMedeiros, Sabrina Evangelista Orientadora-
dc.contributor.authorOzório, Paulo Roberto Blanco-
dc.date.accessioned2018-02-14T18:58:42Z-
dc.date.available2018-02-14T18:58:42Z-
dc.date.issued2012-
dc.identifier.urihttp://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/00000c/00000c19.pdf-
dc.identifier.urihttp://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/29710-
dc.descriptionEGN:Monografia apresentada à Escola de Guerra Naval, como requisito parcial para conclusão do Curso de Estado-Maior para Oficiais Superiores - C-EMOS.en_US
dc.descriptionNa primeira década do século XXI, alguns Estados intensificaram a cooperação com os países africanos, como instrumento de suas políticas exteriores. A África adq uiriu uma crescente importância estratégica em face da disponibilidade de combustíveis fósseis, minerais e novos mercados consumidores a serem explorados. Apesar do otimismo conferido pelo crescimento econômico e pela melhoria dos índices de desenvolviment o observada no continente, os desafios a serem superados, como a instabilidade política, os conflitos e a corrupção, constituem sérios entraves para um maior desenvolvimento africano . Estes desafios afastam investimentos internacionais e atraem ameaças à s egurança regional como o crime organizado, traficantes e piratas. O crescimento da pirataria e dos crimes de roubo armado contra nav ios na África despertou a atenção da comunidade internacional para a necessidade da cooperação com os Estados da região em p rol da segurança mar ítima. Alguns Es tados e o rganizações africanas estão elaborando e stratégias para a sua segurança marítima e a cooperação regional e internacional é uma necessidade . Recentemente, o Conselho de Segurança das Nações Unidas emitiu as Resol uções 2018(2011) e 2039(2012) condenando os crimes de pirataria ocorridos no Golfo da Guiné e incentivando a comunidade internacional a apoiar as iniciativas para a segurança marítima daquela região. O Brasil, país emergente, possui interesses políticos e econômicos em apoiar as iniciativas em andamento. Dentre estes interesses destaca m - se a aspiração por maior protagonismo nos f óruns internacionais , a proteção dos investimentos nacionais e a segurança de seu entorno estratégico. A cooperação do Brasil , por meio de iniciativas que desenvolvam as capacidades dos Estados do Golfo da Guiné em garantir a segurança de seus domínios marítimos , concorre para seus próprios interesses.en_US
dc.publisherRio de Janeiro:EGN,pt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectassuntos militares em geralpt_BR
dc.subjectciência militarpt_BR
dc.subject355pt_BR
dc.subjectT8 - ESTRATÉGIA, ESTRATÉGIA MARÍTIMA E ESTRATÉGIA NAVAL (DGPM-305)pt_BR
dc.subjectCooperação internacionalpt_BR
dc.subjectSegurança marítima Guiné, Golfo dapt_BR
dc.titleA cooperação para segurança marítima no Golfo da Guiné:interesses no entorno estratégico do Brasil.Paulo Roberto Blanco Ozório; orientadora: Sabrina Evangelista Medeirospt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
Aparece nas coleções:Defesa Nacional: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso
Estudos Militares: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
00000c19.pdf554,22 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.