Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/843375
Título: O planejamento argentino na recuperação das Malvinas em 1982: um caso do planejamento e desenho operacional.
Orientador(es): Oliveira, José Cláudio da Costa
Autor(es): Musa, Sebastian Alejandro
Palavras-chave: N6 - OPERAÇÕES (DGPM-305)
Planejamento militar Falklands, Ilhas
Data do documento: 2013
Editor: Escola de Guerra Naval
Descrição: No ano 1982 produziu-se um fato militar histórico que envolveu a dois países ocidentais, assinantes da Carta das Nações Unidas, com relações diplomáticas e econômicas estáveis e em aparente relação cooperação entre eles. A República Argentina recuperava as Ilhas Malvinas, mediante uma operação conjunta realizada em forma supressiva e sem produzir baixas pessoais ou materiais, após 150 anos de ocupação por parte de Grande Bretanha. Essa manobra operacional foi planificada tendo em conta as diretrizes do poder político e convertendo o idioma estratégico em operações e objetivos. Essa forma de conduzir e planificar as operações conhece-se atualmente como Arte operacional e as ferramentas para levar a cabo são os elementos do desenho operacional. Esse estudo tentará demonstrar como no conflito pelas Ilhas Malvinas, os Comandantes Operacionais argentinos planificaram e levaram adiante a operação de recuperação das Ilhas, utilizando esse método de planejamento, que ainda não figurava na doutrina desse momento, conseguindo uma operação exitosa que se converteu em objeto de estudo num grande número de casas de altos estudos militares.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/000010/00001047.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/843375
Aparece nas coleções:Operações Navais: Coleção de Trabalhos de Conclusão de Curso

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
00001047.pdf689,1 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.