Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/843537
Título: A estratégia marítima indiana pós-guerra fria: do Status Quo ao Imperialismo
Orientador(es): Reis, Reginaldo Gomes Garcia dos
Autor(es): Oliveira, Luciane Noronha Moreira de
Palavras-chave: T8 - ESTRATÉGIA, ESTRATÉGIA MARÍTIMA E ESTRATÉGIA NAVAL (DGPM-305)
Estratégia naval Índia
Política e estratégia Índico, Oceano
Data do documento: 2017
Editor: Escola de Guerra Naval (EGN)
Descrição: Dissertação (mestrado) - Escola de Guerra Naval, Programa de Pós - Graduação em Estudos Marítimos (PPGEM), 2017.
A Índia é um país com tradição marítima de mais de quatro mil anos. Segundo os Vedas hindus antigos sobre a criação do universo, o mundo começou pelo mar. Apesar da importância das atividades relacionadas ao mar para a formação da sociedade indiana, o pensamento estratégico naval da Índia só viria a aflorar, de fato, após a Guerra Fria. As am eaças do terrorismo e da presença chinesa crescente no Oceano Índico foram dois aspectos que impulsionaram o anseio pela possessão da Marinha de “ Águas Azuis ” . A segurança das linhas de comunicação marítimas passou a ser um imperativo para o Estado, que te m aumentado, desde 1990, o orçamento da Marinha da Índia. Simultaneamente, vem incrementando o setor de const rução naval para atender ao objetivo de fortalecimento do Poder Naval. Hoje, a Índia é um emergente econômico e militar. Para sustentar tais anseio s , o país reformulou sua s Doutrina e Estratégia, de forma a deixar explícita sua vontade de ser um global player de peso no campo militar. A dissertação tem, como finalidade, a análise da s etapas desse pensamento estratégico naval indiano no período pós - Gu erra Fria. Com base em documentos oficiais, análise de política externa e referências bibliográficas acadêmicas, pretende - se demonstrar como as ditas “ novas ameaças ” , combinadas com a situação econômica favorável e a condução das relações exteriores impact aram a visão indiana sobre a segurança marítima , de forma ampla e significativa.
Abstract: India is a country with over four thousand years of maritime tradition. According to anc ient hindu Vedas concerning the creation of the universe, the world as we know began through the sea. Despite the importance of sea - related activities to the formation of indian society, the naval strategic thinking of India had only been aroused after the Cold War. The threats of terrorism and the increasing chinese presence in the Indian Ocean were aspects that boosted the longing for a “ Blue Water ” Navy. The security of sea lines of communication has become an imperative for the State, which has been inc reasing, since 1990, the Indian Navy’s budget, as well as investing in the naval construction sector, to strenghten its Naval Power. Today, India is an economic and military emergent. To sustain these aspirations , the country reformulated its Doctrine and Strategy, so that its will on be coming a military global player would be explicit. This dissertation has the purpose to analyse the evolution of the refered indian naval strategic thinking in the post - Cold War period. Based on offici al documents, forei g n p olicy analysis and academic bibliographyc references, the intent is to show how the so - called “ new threats ” , combined with favorable economic situation and the conduct of international affairs, in this context, impacted the indian vision on mar itime securi ty in a broad and distinguished manner.
URI: http://www.redebim.dphdm.mar.mil.br/vinculos/00001b/00001b42.pdf
http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/843537
Aparece nas coleções:Defesa Nacional: Coleção de Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
00001b42.pdf1,64 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.