Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844282
Título: Subsídios para elaboração de plano de emergência externo: um estudo para o Complexo Naval de Itaguaí
Orientador(es): Barros, Airton Bodstein de
Carvalho, Paulo Werneck de
Autor(es): Marques, Kellen Stephany Batista
Palavras-chave: T - DEFESA NACIONAL (DGPM-305)
J16 - SEGURANÇA DE ÁREAS E INSTALAÇÕES (DGPM-305)
Emergências radiológicas e nucleares
Plano de emergência
Complexo Naval de Itaguaí
Submarino com propulsão nuclear.
Data do documento: 2019
Editor: Universidade Federal Fluminense (UFF)
Descrição: O Brasil possui uma área de aproximadamente 5,7 milhões de quilômetros quadrados repletos de riquezas naturais, além de concentrar cerca de 95% (noventa e cinco por cento) de seu comércio exterior por via marítima. Para patrulhar e defender esta região, as Águas Jurisdicionais Brasileiras, a Marinha do Brasil está desenvolvendo e construindo um submarino com propulsão nuclear e uma base naval com uma área radiológica para sua operação e manutenção no município de Itaguaí no Estado do Rio de Janeiro. Para este avanço tecnológico, a Marinha do Brasil, os governos municipal, estadual e federal e a Defesa Civil deverão estar preparados em termos de segurança, já que a área passará a sofrer riscos tecnológicos como o de um acidente radiológico e nuclear. Uma boa preparação pode melhorar substancialmente a resposta para uma possível emergência, que, por sua vez, envolve muitas organizações que devem ter responsabilidades e arranjos bem definidos. Dessa forma, este trabalho busca fornecer subsídios para a elaboração do Plano de Emergência Externo para a região do Complexo Naval de Itaguaí.
Trabalho de Conclusão apresentado ao Curso de Mestrado Profissional em Defesa e Segurança Civil da Universidade Federal Fluminense como requisito parcial para obtenção de grau de Mestre em Defesa e Segurança Civil. Área de concentração: Planejamento e Gestão de Eventos Críticos. Linha de Pesquisa: Instrumentos de gestão para a redução de riscos de desastres
Abstract: Brazil has an area of approximately 5.7 million square kilometers of maritime zone of natural resources and about 95% of its ferign trade has been done by the sea. To patrol and defend this region, the Brazilian Juridical Sea, the Brazilian Navy has been developing and constructing a submarine with nuclear propulsion and a naval base with a radiological area for its operation and maintenance in the city of Itaguaí placed in Rio de Janeiros’s State. However, for this technological improvement, the Brazilian Navy, the municipal, state and federal governments and Civil Defense must be prepared in terms of safety. The region of Itaguaí will become vulnerable to technological risks such as radiological and nuclear issues. A good plan can improve the emergency response, which involves many organizations that must have clear responsibilities and arrangements. Thus, this study aims to offer subsidies to the construction of the External Emergency Plan for the Itaguaí Naval Complex.
URI: http://repositorio.mar.mil.br/handle/ripcmb/844282
Aparece nas coleções:Defesa Nacional: Coleção de Dissertações

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_Kellen Marques.pdf3,94 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.